quarta-feira, 8 de junho de 2011

Publicidade reveladora

5 comentários:

  1. Agora sim.
    http://www.coisas.com/para_venda/animais/photo,1?gclid=COvRruixqKkCFYIKfAodDBNmMA

    Há de tudo. Mas animais não são coisas. Não só em termos éticos como em termos práticos. Compra-se sempre a experiência anterior do animal, mais o seu estatuto sanitário.

    Pode resultar lindos cachorros e cães saudáveis de uma criação pontual, de um dono que acha graça ter uma ninhada do seu cão. Há criadores de cães de pedigree que são pouco criteriosos e pouco cautelosos.

    Mas organização, historial e experiência são as únicas medidas de qualidade que temos neste campo. Não contratava uma pessoa que aparecesse no meu gabinete sem ver o seu cv. Se pretendo um animal com origem desconhecido, prefiro busca-lo num centro de acolhimento e dar o meu contributo para a resolução de um problema em vez de estimular a criação pouco pensada de animais e provavelmente contribuir para a continuação do mesmo problema.

    ResponderEliminar
  2. Ao ver o site o primeiro sentimento que tive foi de revolta, não concordo assim como não compreendo como é possível tratar os animais como sendo “coisas” prontas para venda ou troca.
    Vejo os meus animais com imenso respeito e seria incapaz de os tratar desta forma, como se fossem objectos de colecção. “Gato Persa Lindo Exemplar Venda/ Troca Boas, tenho pra venda ou pra troca( 1 macho),este lindo exemplar, 1 macho persa,nascido Abril 2011. Tem boletim veternário.Lindo, lindo. Caso esteja interessado(a) por favor contacte por telm. porque por vezes não recebo via email. Obrigado.”
    Não consigo compreender a publicidade feita pelas pessoas em relação aos seus animais, principalmente quando concordam com uma troca, o que significa que têm condições para manter o seu animal, então porquê trocá-lo?
    No entanto, ao pesquisar por entre os 3.942 anúncios de animais para venda, de animais para troca, anúncios de procura de parceiro, assim como de acessórios para animais comecei a ver encontrar anúncios que me fizeram ver este site de outra forma.
    A verdade é que muitos dos donos dos animais encontram-se com uma economia instável tendo em conta a situação do país, não podendo assim manter os seus animais de estimação com as condições que estes necessitam. Como tal, é necessário encontrar uma solução, sendo de louvar que estes donos não tenham escolhido a solução considerada por vezes mais fácil, o abandono ou a tentativa de eutanásia. Alguns procuram assim utilizando este site um novo lar para os seus animais.
    Também é possível encontrar outros anúncios em que tentam encontrar um lar para animais que se encontravam abandonados na rua. Não podendo estas pessoas manter os animais encontrados, no entanto não lhes virando as suas costas. “Cadela. Tem cerca de 1 ano e é de porte pequeno. É muito meiga e assustada. Vive na rua ao cuidado da boa vontade de uma pessoa que a alimenta e dá abrigo, mas não tem como a proteger dos carros e da maldade de outras pessoas.”
    Ao ver com mais atenção o site, a minha opinião em relação a esta parte do mesmo mudou. Continuo com um sentimento de revolta no que diz respeito a certos anúncios em que tratam os animais como propriedade pronta para venda no entanto nem todas as pessoas o utilizam para tal. Algumas utilizam-no como um meio de salvar animais abandonados ou de encontrar um novo lar apropriado para os seus animais quando já não têm condições para os manter.
    Nestes casos penso que utilizar este site, apesar do seu nome, é uma da atitudes mais correcta até porque é uma forma de pedido de ajuda que pode chegar a qualquer parte do nosso país, aumentando assim a probabilidade de encontrar um dono apropriado.

    ResponderEliminar
  3. Cara Marlene:

    A tua mensagem faz-nos pensar que as nossas intuições morais nem sempre correspondem à realidade dos factos. O exercício que fizeste, de procura de informação e revisão dos teus pré-conceitos, faz todo o sentido. Mas não pode acontecer que, no anonimato que a internet permite, haja pessoas a aproveitar-se da boa vontade dos demais para se livrarem dos animais? A internet pode ser usada em favor da causa animal, mas a causa animal também pode servir para encobrir muita irresponsabilidade. e

    ResponderEliminar
  4. Realmente tem razão ao dizer que nem sempre o que é colocado na internet corresponde à realidade, não tinha pensado nesse ponto. A internet pode ser utilizada para camuflar imensas coisas, e anúncios como o que eu referi no meu primeiro comentário podem não relatar uma história verídica. “Cadela. Tem cerca de 1 ano e é de porte pequeno. É muito meiga e assustada. Vive na rua ao cuidado da boa vontade de uma pessoa que a alimenta e dá abrigo, mas não tem como a proteger dos carros e da maldade de outras pessoas.”
    Até que ponto sabemos ao certo que a cadela vive mesmo na rua e não vive com a pessoa que colocou este anúncio no site? Ao ler o anúncio não temos como comprovar que tal é a realidade, no entanto caso não seja, não consigo julgar a pessoa que o escreveu. Talvez possa já ter tentado de uma forma honesta encontrar um lar para o seu animal e não conseguiu, ou pode ter achado à partida que esta seria a melhor forma, tentando assim apelar á sensibilidade das pessoas na esperança de o conseguir.
    Neste anúncio, assim como noutros semelhantes, não é pedido dinheiro, não tentam vender um animal como uma “coisa”, tentam no entanto encontrar-lhes uma casa, mesmo quando a publicidade é baseada numa mentira, considero as intenções destas pessoas das melhores e das mais genuínas.
    Penso que se tais donos quisessem apenas livrar-se dos seus animais, não se dariam ao trabalho de colocarem um anúncio no site e de procurarem-lhes um novo lar, simplesmente iriam abandoná-los numa rua distante ou teriam outra atitude semelhante, e a meu ver errada.
    Não nos é possível determinar ao certo as intenções das pessoas que colocam anúncios neste site, apesar de algumas serem explícitas quando falam da venda do seu animal. No entanto, anúncios como este em que tentam simplesmente encontrar uma nova casa para o animal deixam algumas dúvidas. Não conseguimos saber qual o verdadeiro motivo desta procura, contudo, a meu ver o mais importante será o animal em si.
    Se este site consegue por vezes dar origem a uma nova residência para animais que precisam, independentemente de terem sido encontrados na rua ou dos donos não quererem mais os seus animais por qualquer motivo que seja, não consigo ver o site apenas de uma forma negativa.
    Encontram-se anúncios que são revoltantes e que não consigo compreender, mas também se encontram outros que me dão alguma esperança que certos animais não serão abandonados ou abatidos porque encontrarão uma nova residência.
    Vejo este site de duas formas, sendo contra a utilização do mesmo para vender e trocar animais referindo-se ao mesmos como se fossem objectos, no entanto não posso ser completamente contra o site quando nele existem pessoas que procuram lares para animais, quer digam o verdadeiro motivo desta procura ou não.

    ResponderEliminar

Obrigado pela sua participação no animalogos! O seu comentário é bem-vindo, em especial se fornecer argumentos catalisadores da discussão.

Embora não façamos moderação dos comentários, reservamo-nos no direito de rejeitar aqueles de conteúdo ofensivo.

Usamos um filtro automático de spam que muito ocasionalmente apanha mensagens indevidamente; pedimos desculpa se isto acontecer com o seu comentário.