sábado, 26 de janeiro de 2013

Vamos continuar a salvar o Priolo ?


Reportagem RTP from SPEA on Vimeo.

Está a decorrer uma campanha internacional de crowdfunding  com o objetivo de angariar fundos para se continuar a produzir e plantar a vegetação que faz parte da cadeia alimentar do priolo. Nas suas três primeiras semanas a campanha não ultrapassou os $7 000 de contribuições (cerca de 5500 Euros). Este valor ainda está longe dos $28000 estabelecidos como objectivo necessário para garantir a continuação deste projeto a curto prazo. A companha decorre até ao final do mês de Fevereiro e pode doar AQUI.

A conservação do Priolo contou entre 2003 e 2008 com fundos comunitários através de um projecto LIFE e já aqui demos conta dos efeitos benéficos deste projecto não só sobre a espécie mas também sobre as comunidades humanas locais. O programa teve depois seguimento com o projecto LIFE Laurissilva Sustentável (2008-2013) que providencia as plantas essenciais à dieta alimentar do priolo mas que termina em Junho próximo. Se ainda tem dúvidas sobre a importância da conservação do Priolo, veja o documentário da Madalena Boto.



1 comentário:

  1. Novidades sobre a conservação do Priolo:

    Caros amigos

    Em primeiro lugar as nossas desculpas pela longa falta de notícias. Foram tempos muito complicados para toda a equipa da SPEA e para a conservação do priolo e do seu habitat. Durante muitos meses, o cenário mais provável foi terminar os trabalhos e dispensar praticamente todos os 22 elementos da equipa da SPEA que se têm dedicado, nos últimos anos, aos trabalhos de conservação da natureza na Zona de Proteção Especial do Pico da Vara, único território do priolo.

    No entanto, a vossa ajuda e de outras pessoas e entidades permitiu reunir os recursos financeiros suficientes para manter a equipa e o nível de trabalho.

    Apesar das dificuldades, podemos orgulhosamente informar que desde janeiro foram intervencionados mais de 10 ha de habitat do priolo, com remoção das espécies invasoras e a plantação de milhares de novas plantas que vão ajudar na recuperação da floresta. Foi possível continuar a manutenção das áreas recuperadas de forma a assegurar o sucesso da recuperação da floresta natural. Foi possível, ainda, realizar o censo anual do priolo, cujos dados estão quase tratados e que se perspetivam animadores apesar do inverno longo e muito rigoroso que poderia ter afetado negativamente a população. Foram também dezenas as atividades realizadas com escolas da ilha de São Miguel. Para além disso muitos foram os turistas que puderam visitar o Centro Ambiental do Priolo e usufruir das magníficas paisagens que a ilha de São Miguel tem para nos oferecer, tendo muitos a sorte de ver algumas das magnificas aves que constituem a avifauna dos Açores.

    Estes resultados não seriam alcançados sem o vosso apoio! E esta energia e entusiasmo demonstrado nas centenas de pessoas de todo o Mundo que contribuíram para esta campanha foi fundamental e em Maio tivemos a notícia mais esperada: o projeto candidatado em 2012 pela SPEA e pela Secretaria Regional dos Recursos Naturais dos Açores foi um dos poucos projetos LIFE aceites para Portugal!! O projeto LIFE+ Terras do Priolo vai permitir, nos próximos 5 anos (2013-2018), continuar e aumentar os trabalhos de conservação dirigidas ao priolo e ao seu habitat!

    Até breve!!

    ResponderEliminar

Obrigado pela sua participação no animalogos! O seu comentário é bem-vindo, em especial se fornecer argumentos catalisadores da discussão.

Embora não façamos moderação dos comentários, reservamo-nos no direito de rejeitar aqueles de conteúdo ofensivo.

Usamos um filtro automático de spam que muito ocasionalmente apanha mensagens indevidamente; pedimos desculpa se isto acontecer com o seu comentário.